O que é aromaterapia

O que é aromaterapia

Quem aí já ouviu falar sobre aromaterapia? Assunto na internet é o  que não falta, né? Mas afinal, o que é aromaterapia? 

É uma prática integrativa, já reconhecida pelo Ministério da Saúde desde 2018. Costumo dizer que a aromaterapia te ensina a olhar para si, a se conhecer melhor, a entender o que seu corpo precisa e está tentando lhe dizer. 

Aromaterapia é a utilização de óleos essenciais para complementar tratamentos, prevenir e até mesmo curar diversas doenças físicas e psicológicas. É uma ciência já utilizada na Europa há mais de 60 anos por médicos e enfermeiros e utilizada por tribos há mais de 40 mil anos, onde eles queimavam folhas de melaleuca para tratar  feridas e infecções respiratórias. Sabia dessa? Pois bem, é uma prática utilizada há milhares de anos e agora chegou para ficar. 

Mas precisamos ficar atentos, pois o que tem de indicação incorreta na internet, não é brincadeira. Saibam que existem formas de uso e diluições corretas para cada caso. O melhor mesmo é procurar um especialista de sua confiança no assunto e agendar uma consulta para que você possa utilizar os óleos de forma correta e segura e usufrua de todos os benefícios que os óleos essenciais tem para lhe oferecer. 


Vamos aprender algumas formas de uso da aromaterapia? 

Existem diversas formas de uso da aromaterapia, irei trazer as que mais gosto e vejo resultados clínicos. Os mais conhecidos são o uso tópico e olfativo, onde o olfativo é por via inalatória e tópica é quando utilizamos  diluído na pele, para uma massagem, por exemplo. 

 

Dicas de uso da aromaterapia: 

Difusor de ambiente com varetas



No uso olfativo, você fará uso do óleo inalando o aroma. Pode ser em seu difusor de ambiente (saiba que é diferente de um umidificador, tá  bem?), em seu difusor pessoal, em um inalador pessoal, por vaporização na bacia ou até mesmo um spray de ambiente

 

 

 

Óleo Essencial Uso Tópico

 O uso tópico é quando você dilui o óleo em alguma base neutra e aplica essa mistura na pele, fazendo uma deliciosa massagem  relaxante. Você pode diluir o óleo essencial em uma base neutra, como creme neutro ou um óleo vegetal prensado a frio de sua preferência, compressa de água ou um delicioso escalda pés. 


Você pode sim aliar as duas formas, vai depender do seu objetivo. Fique atento às receitas de internet e aos produtos que dizem ter óleos essenciais puros, se informe bem antes de comprar e utilizar um óleo essencial.

Sobre a autora

Me chamo Bárbara Guimarães, sou aromaterapeuta clínica, especialista em atendimento familiar e pediátrico há mais de 2 anos. Realizo atendimentos online para auxiliar toda a família, ensinando a utilizar os óleos essenciais para melhora do sono, ansiedade, depressão, seletividade alimentar, TDAH, TEA, melhora da concentração, dermatites e diversas outras questões.